Sorriso negro
Jorge Portela, Adilson Barbado

Um sorriso negro
Um abraço negro
Traz felicidade
Negro sem emprego

Fica sem sossego
Negro é a raiz da liberdade
Negro é uma cor de respeito
Negro é inspiração

Negro é silêncio é luto
Negro é a solidão
Negro que já foi escravo
Negro é a voz da verdade

Negro é destino, é amor
Negro também é saudade


©  direto