Acreditar

Dona Ivone Lara / Délcio Carvalho

Acreditar, eu não
Recomeçar, jamais
A vida foi em frente
E você simplesmente não viu que ficou pra trás

Não sei se você me enganou
Pois quando você tropeçou
Não viu o tempo que passou
Não viu que ele me carregava
E a saudade lhe entregava
O aval da imensa dor

E eu que agora moro nos braços da paz
Ignoro o passado
Que hoje você me traz
E eu que agora moro nos braços da paz
Ignoro o passado
Que hoje você me traz

Edições Musicais Tapajós LTDA

Sonho meu

Dona Ivone Lara / Délcio Carvalho

Sonho meu, sonho meu
Vai buscar quem mora longe, sonho meu
Vai mostrar esta saudade, sonho meu
Com a sua liberdade, sonho meu
No meu céu a estrela-guia se perdeu
A madrugada fria só me traz melancolia
Sonho meu

Sinto o canto da noite na boca do vento
Fazer a dança das flores no meu pensamento
Traz a pureza de um samba
Sentido, marcado de mágoas de amor
Um samba que mexe o corpo da gente
E o vento vadio embalando a flor

Warner Chappell Edições Musicais LTDA

Tiê-Tiê

Dona Ivone Lara / Hélio dos Santos

Tiê , tiê , olha lá....Oxá
Tiê , tiê , olha lá....Oxá

Passarinho estimado
Que me deu inspiração
Dos meus tempos de criança
Guardei na lembrança esta recordação

Representava pra mim
Carinho, amor e paixão
Mas o ingrato do tiê
Desprezou meu coração

A estrela no céu corre
Eu também quero correr
A estrela atrás da lua
E eu atrás do meu tiê

Bem que vovó me dizia, criança
Olha lá toma cuidado
Oxá, esse seu passarinho
Está mal acostumado

Irmãos Vitale S/A Indústria e Comércio

Andei para Curimá

Dona Ivone Lara

Andei andei
Andei andei andei
Para Curimá

Andei andei
Andei andei
Andei andei andei para Curimá

Numa noite tão vazia
Sem destsino pús-me andar
Procurando uma Curimá
Pra meu santo saravá

Na Bahia encontrei
Em Santana um gongá
Preto velho confirmou
Que eu era filho de Oxalá

Vigi minha Nossa Senhora
Me d[a meu rosário
Que eu quero rezá
Implorando proteção
Pra todo santo me ajudá

Tio José é reza forte
Me ensine uma oração
Pra no juízo final
Eu conseguir a salvação

BMG Music Publishing Brasil LTDA

Liberdade

Dona Ivone Lara / Délcio Carvalho

Liberdade desfrutei
Conheci quando na minha mocidade
A ternura de um amor sem falsidade
E confiante sempre na felicidade
E eu cantava, sentia tudo que sonhei
Mas depois suspreendeu-me a solidão
Foi o fim da ilusão

E agora esta desilusão
Existe uma lesão que vive em mim
Tudo que é feliz não tem direito a eternidade
Porque sempre chega a vez
De entrar em cena, a saudade
Às sombras desta recordação
Um gesto de perdão que eu não fiz
O remorso traz aquela triste melodia
Que me faz infeliz

EMI Songs do Brasil Edições Musicais LTDA



60.866.594

ficha técnica da faixa
Dona Ivone Lara: voz