Alvorecer

Dona Ivone Lara / Délcio Carvalho

Olha como a flor se ascende
Quando o dia amanhece
Minha mágoa se esconde
A esperança aparece
O que me restou da noite

O cansaço, a incerteza
Lá se vão na beleza
Desse lindo alvorecer
Lá se vão na beleza
Desse lindo alvorecer
E esse mar em revolta que canta na areia
Qual a tristeza que trago em minh'alma campeia
Quero solução sim, pois quero cantar
Desfrutar dessa alegria
Que só me faz despertar do meu penar
E esse canto bonito que vem da alvorada
Não é meu grito aflito pela madrugada
Tudo tão suave
Liberdade em cor
O refúgio da alma vencida pelo desamor


© Direto /
Alvorecer
ouça a música
em Canto de rainha, 2009 Áudio
em Bodas de Coral no samba brasileiro - Dona Ivone Lara e Délcio de Carvalho, 2010 Áudio