Luz da paz

Dona Ivone Lara / Bruno Castro

De um sorriso o mundo se abriu
Vi a luz da paz se propagar
Um silêncio nu falava em meu lugar
Coisas de fazer sonhar
Vi que o nosso sonho persistiu
Nem o tempo pode apagar
Não foi em vão aquela emoção
Que não canso de lembrar
Me de a mão e vamos caminhar
Juntos e recomeçar

Sonhar alimenta meu peito
Me dá forças pra continuar
A chaga que existe é o alento
Que me faz resistir demais
Sigo o tempo e vivo sorrindo a cantar
Tenho a chama da lembrança
A me contagiar
Renasce a esperança


© Direto /
Luz da paz
ouça a música
em Sempre a cantar, 2004 Áudio